Separação e filhos: dicas de como lidar com o novo arranjo familiar
  • Separação e filhos: dicas para lidar com o novo arranjo familiar

    separação e filhos

    No episódio 29 do Podcast É A Mãe, as jornalistas Juliana Tiraboschi, Bárbara dos Anjos Lima e Camila Borowsky falaram sobre um tema delicado: separação e filhos.

    O programa teve como convidada a também jornalista Patricia Julianelli, mãe do Felipe, de 5 anos, que contou sua experiência de separação. Patricia e o ex-marido conseguiram encontrar uma maneira muito civilizada e tranquila de dividir os cuidados com o filho.

    LEIA TAMBÉM:
    Podcast: como criar crianças negras e como criar filhos antirracistas?
    Crianças pequenas sentem efeitos do isolamento social, diz estudo

    O  episódio também contou com a participação da psicóloga Flávia Maria Scigliano, mestre em terapia de casal e família pela PUC de São Paulo, que deu dicas de como lidar com filhos em meio a uma separação.

    Veja algumas dicas de Flávia:

    – Nunca, NUNCA discutam ou briguem na frente das crianças;

    – Todos os combinados sobre guarda e nova rotina devem ser feitos primeiro entre o casal, e só então comunicados aos filhos;

    – No momento de contar ao filho sobre a separação, é importante que o casal enfatize que eles sempre serão o pai e a mãe da criança, e que o amor deles pelos filhos não vai mudar;

    – É muito comum que a criança pense que ela é culpada pela separação dos pais. Deixe claro para ela que isso não é verdade;

    – Deixe que a criança participe da organização do novo lar do cônjuge que está saindo da casa. Deixa-e escolher a decoração do novo quarto e escolher quais brinquedos vai levar para a casa nova. É mais ou menos quando chega um novo filho à família: deixar que a criança participe dos preparativos a ajuda a lidar com a nova situação;

    – De tempos em tempos é importante que o casal converse, reavalie os combinados sobre a guarda e a rotina dos filhos e faça reajustes, se necessário. É importante ter flexibilidade.

    Ouça o podcast na íntegra aqui:

  • Back to top